VII CONFERÊNCIA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

A 7ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente atingiu o objetivo de estabelecer as diretrizes e definir as prioridades para a construção de políticas públicas e ações voltadas a direitos, inclusão, controle social, promoção, proteção e defesa dos direitos das crianças e adolescentes.

Ao longo da quarta-feira, no Salão da Paróquia Santa Tecla, a atividade reuniu representantes de entidades, da assistência social, da rede de educação e a comunidade em torno do tema “Proteção integral, diversidade e enfrentamento de violências”.

Na cerimônia de abertura, o evento contou com a participação da
vice-prefeita e secretária de educação Gilciane Baldassari, da Secretária de Cidadania e Assistência Social, Mariglei Argiles e do presidente interino da Câmara, vereador Fernando Madeira (Tirinha).

No ato estiveram presentes a promotora da Infância e da Juventude, Luciara Robe, o vice-presidente do Conselho da Criança e do Adolescente (COMDICA), padre Elpídio Pelegeiro, a psicóloga e palestrante convidada, Marlise Flório Leal, o vice-coordenador do Conselho Tutelar, João José, e os representantes da APAE Paola Rocha da Costa e Andriel Oliveira.

Acompanharam a atividade os vereadores Marco Aurélio Gomes, Glei Rodales, a presidente dos Conselhos da Saúde e do Idoso, Isabel Chagas, além de secretários e demais representantes do Governo Municipal.

Pela manhã a palestra “a criança hoje e a criança do futuro”, foi apresentada em formato de diálogo, seguindo a proposta da psicóloga Marlise Real e o público. Durante a conversa a palestrante abordou questões do cotidiano e das relações humanas, ressaltando a importância de se colocar no lugar do outro, também buscando entender problemas e orientar ou encaminhar a tratamentos quando necessário.

Ao final da manhã alunos do CAPS Casa Vida e da APAE se apresentaram.
Durante a tarde a Conferência encerrou após a discussão sobre os eixos temáticos:
– Direitos, inclusão social, prevenção e enfrentamento da violência da criança e adolescente
– orçamento e financiamento de políticas para este público
– Participação, comunicação social e protagonismo
– Espaços de gestão, controle social, promoção, proteção e defesa dos direitos das crianças e adolescentes