fbpx

PORTOS RS E LIDERANÇAS DE CAPÃO DO LEÃO DEBATEM TRANSFORMAÇÃO DA PEDREIRA CERRO DO ESTADO EM MUSEU A CÉU ABERTO

Texto da Assessoria de Imprensa do Porto RS

A pedreira Cerro do Estado está localizada na cidade do Capão do Leão e de lá foram extraídas as pedras utilizadas na construção dos Molhes da Barra, uma das principais obras de engenharia oceânica do início do século XX. No local é possível encontrar guindastes e locomotivas antigas bem como prédios, que contam parte da história desta obra e do desenvolvimento da região.

A preservação desse passado foi pauta de uma reunião na sede da Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul (Portos RS), com a presença de lideranças políticas do município. A administração local informou ao superintendente Fernando Estima o desejo de transformar parte do espaço em um parque turístico e de lazer.   Essa intenção vai justamente ao encontro da visão que a Portos RS vislumbra para a pedreira.

Participaram do encontro o prefeito municipal de Capão do Leão, Vilmar Schmitt, o presidente da Câmara de Vereadores, Renato Miranda, o secretário municipal de Obras, Urbanismo e Meio ambiente, Hugo Alexandre Albuquerque, e o ex-vereador e servidor municipal, Paulo Ávila.

A iniciativa já conta com a realização de estudos de viabilidade e a intenção seria utilizar as estruturas das antigas oficinas para abrigar parte do acervo histórico, fomentando assim o turismo local e regional. A ideia também é de concentrar no local as locomotivas a vapor que trabalharam no trecho transportando as pedras durante a construção dos Molhes.

Para viabilizar esse projeto, a Portos RS está montando um processo licitatório para a contratação de uma empresa de consultoria que possa ajudar na modelagem do projeto. Dentre os vários aspectos positivos da reunião, destaca-se o interesse da Prefeitura Municipal em também querer dar uma destinação social para o espaço.