fbpx

Metroplan substituirá vale transporte por cartão com crédito

O vale transporte será revertido em crédito para uso no sistema de bilhetagem eletrônica. A decisão foi comunicada ao prefeito Schmitt (PP) e ao vice-prefeito Jéferson Antuarte (PSD), pelo Diretor de Transporte Metropolitano, Francisco José Soares Harbe, na segunda-feira, dia 19, em reunião que contou, também, com as presenças da Procuradora do Município, Franciele de Souza Neves; do Secretário de Governo, Luiz Carlos Schmidt; do Secretário de Saúde, Jaime Starke; da Secretária de Cidadania e Assistência Social, Beatriz Sedrez; do Presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Renato Miranda (MDB); do vereador Rafael Peres (PSD) e da vereadora Fernanda Ribeiro (PP).

Ficou definido que os usuários do vale-transporte serão cadastrados, por e-mail, e que após, será emitido um cartão individual a pessoa cadastrada. Esse cartão será alimentado com créditos pela máquina de cartões da empresa “Prati vale transporte”, no mesmo valor dos vales transportes que ela recebia antes da bilhetagem eletrônica.

De acordo com a Secretária Municipal de Cidadania e Assistência Social, Beatriz Sedrez, nos próximos dias deverá acontecer encontro entre os secretários de Cidadania e Assistência Social, e secretário de Saúde, com a empresa Prati, para definirem metodologia de alimentação dos cartões dos usuários. Os vales que sobraram após a implantação da bilhetagem eletrônica vão gerar créditos e serão comprados. A SMCAS adquire mensalmente cerca de 500 vales que são entregues aos usuários.

“A população de baixa renda que dependia do vale transporte de papel seguirá usando o vale transporte de bilhetagem eletrônica. Essa foi à forma encontrada entre Metroplan e Empresas de transporte coletivo de Capão do Leão, para que a prefeitura siga atendendo os usuários da Cidadania beneficiados pela Lei de Beneficio Eventual de Transporte. Graças ao empenho da administração junto a Metroplan, parece-me que tudo será resolvido”, concluiu Beatriz.

Para o secretario Municipal de Saúde, Jaime Starke, a retomada deste serviço pelo transporte coletivo agilizará as consultas e exames em especialistas, em Pelotas, que a população tanto aguardava. “Essa decisão da Matroplan alinha a necessidade com os anseios da administração e da nossa população que aguardava por uma decisão. Nos próximos dias relacionaremos os usuários da saúde para que possam usufruir deste serviço que estava suspenso pelo impedimento do uso de vale transporte de papel. A nossa pasta adquire trimestralmente aproximadamente 2.310 vales”, concluiu o secretário.

Entenda o caso:

A ação da Metroplan atende solicitação da prefeitura de Capão do Leão, através das secretarias de Saúde e Assistência Social e Câmara de vereadores, intermediado pelo deputado estadual, Juliano Franczak (Gaúcho da Geral – PSD), com a participação do vice-prefeito, Jeferson Antuarte (PSD), e da vereadora Fernanda Ribeiro (PP).

O primeiro encontro para discutir essa questão aconteceu, em junho, em POA, onde foi entregue ofício ao órgão, solicitando a suspensão da vigência da bilhetagem eletrônica pelo período de seis meses, até que fossem providenciados os trâmites necessários para efetivação da nova modalidade.