Lixo – moradores que contribuem com a limpeza das ruas são exemplo de responsabilidade e consciência

A quantidade de lixo despejado e espalhado pelas ruas do Capão do Leão preocupa ainda mais durante o período de chuvas. O descarte irregular e irresponsável entope bueiros, valetas, polui as ruas, além de contribuir para a proliferação de animais transmissores de doenças.

Para combater o problema, desde o ano passado, a Prefeitura promove mutirões de fiscalização, conscientização e – por meio do Departamento de Meio Ambiente- instala placas educativas, informando as penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais 9.605/98.

Como resultado, vale destacar a ação de alguns cidadãos conscientes que contribuem com a limpeza dos espaços públicos. Um dos exemplos é a moradora do centro, Jacira Vaguetti, que contratou uma coletora para descartar corretamente o lixo da sua obra, na Rua Catão Cesar Madruga.

O cidadão Leonardo Monks, morador do Sítio São Marcos, também é modelo a ser seguido. Ciente de que iria acumular restos de podas e outros materiais da sua residência, providenciou a instalação de um coletor.

Outros casos, de moradores conscientes, foram identificados na Av. Narciso Silva e no bairro Jardim América.

No entanto, infelizmente, ainda existem muitas pessoas que insistem no péssimo hábito de jogar o lixo nas ruas, esquinas ou em terrenos baldios.

A orientação é de que os cidadãos contribuam com a limpeza das ruas, não colocando seus resíduos de obras e podas nas vias públicas.

A equipe do Departamento de Meio Ambiente informa que no primeiro contato o cidadão que descartar o lixo de forma irresponsável será notificado. E, no caso de repetir a ação, será multado.

A Prefeitura conta com o auxilio da população para identificar os infratores. Quem flagrar alguém jogando lixo nas ruas deve denunciar e, se possível, fotografar ou filmar.
As denúncias podem ser feitas pelo telefone 3275.1541 (Departamento de Meio Ambiente) ou pelo e-mail meioambiente@capaodoleao.rs.gov.br.