fbpx

EMAD atende 26 pacientes acamados em casa!

Desde que assumiram o comando da Prefeitura Municipal de Capão do Leão em 1º de Janeiro, o prefeito Vilmar Motta Schmitt (PP) e seu vice-prefeito Jeferson Antuarte (PSD) estão com os olhos voltados ao programa de criação de Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD) e Equipes Multiprofissionais de Apoio (EMAP), que atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) acamados e com dificuldades de locomoção que necessitam de internação.

O secretário de Saúde, Luis Fernando Lopes Pereira [Fernando enfermeiro] já atuou nesse programa, em Pelotas, e sua vinda para a Secretaria de Saúde reforça a intenção da gestão municipal de melhorar a qualidade de atendimento aos leonenses que necessitam desta assistência em casa.

Uma das primeiras atitudes da gestão municipal foi a de implantá-lo num local central e seguro onde a equipe profissional do programa tivesse mais espaço físico com veículos e boas condições de trabalho. Para isso, o prédio da farmácia municipal, localizada ao lado da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foi adaptado e está superando as expectativas para que o “Melhor em Casa” possa dar aos 26 pacientes do programa uma garantia da continuidade de cuidados aos pacientes e suporte técnico aos seus familiares.

A Coordenadora do Emad no município é a funcionária de carreira e Assistente Social Mariglei dos Santos Argiles que está otimista com a implantação, de fato, do “Melhor em Casa”. Ela também elogiou a chegada de profissionais capacitados que vão dar suporte aos pacientes e equipes de trabalho. “Nós temos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde que precisam serem seguidos, inclusive pretendemos ampliá-los criando um Plano de Trabalho ao EMAD que será apreciado pelo Conselho Municipal de Saúde, tendo em vista haverem recursos federais onde poderemos buscá-los”, disse Argiles.

Equipe Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD) e Equipe Multiprofissionais de Apoio (EMAP).

Quem encaminha os pacientes ao EMAD?

De acordo com a coordenadora do “Melhor em Casa” os pacientes que fazem parte deste programa são encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBs), por hospitais, por serviços de urgência e emergência, como Pronto Atendimento Municipal (PAM). São pacientes que chegam com uma pré-avaliação definida e no decorrer do tratamento recebem atendimento compartilhado.

Atenção Domiciliar.

Recebe Atenção Domiciliar (AD), todos usuários do SUS que apresentem problemas de saúde e dificuldades ou impossibilidades físicas de locomoção até uma unidade de saúde e também os pacientes que necessitam de maior frequência de cuidados, recursos de saúde e acompanhamento contínuo, até a estabilização do quadro. Também recebem AD pacientes que necessitam de pelo menos uma visita por semana, abreviando ou evitando hospitalização.

Composição da Equipe

O Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) é composta por uma equipe de multiprofissionais composto por médico, assistente social, fisioterapeuta, técnico de enfermagem e enfermeiro que auxiliados pela equipe multiprofissional de apoio agregam a nutricionista e o psicólogo.

Visitas

Na quinta-feira, dia 18 o prefeito Vilmar Motta Schmitt acompanhou o trabalho de umas das Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD), em visita a dois pacientes. A primeira paciente foi à família da senhora Ada Honorina Vaz Farias de Souza, de 60 anos, moradora do bairro Jardim América que necessita para respirar a ajuda do concentrador de oxigênio. “Essa equipe é nota dez. Graças á Deus estou sendo bem atendida e está de parabéns o prefeito pela iniciativa que teve de cuidar melhora da nossa saúde”, enalteceu a paciente.

O prefeito Schmitt se mostrou otimista em buscar recursos por recursos com objetivo de melhorar o atendimento aos pacientes. “Sabemos que a situação na saúde está difícil por causa da pandemia, mas o que dá pra fazer e melhorar, faremos. Essa equipe está de parabéns. As pessoas que necessitam deste tipo de atendimento estão felizes e satisfeitos com o do trabalho Emad, daqui pra frente, é adaptarmos o necessário e ampliarmos nosso leque de atendimento”, finalizou Schmitt.

Telefone de contato com o EMAD: 53 99201-5048