Convênio entre Prefeitura e FEAPER beneficia agricultores no Município

Na manhã de hoje, o prefeito Mauro Nolasco acompanhou o funcionamento do novo sistema de irrigação instalado junto a lavoura de milho do produtor Jonas Dittgen Blaz, localizada no Cerro das Almas, zona rural do Município.

O projeto de irrigação faz parte do Programa Irrigando a Agricultura Familiar que conta com recursos disponibilizados via FEAPER, por meio do convênio firmado entre a Prefeitura Municipal e o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais.

Acompanharam a visita o secretário de Agricultura, Indústria e Comércio, Claudionor de Almeida, o assitente técnico regional da Emater, Fernando Horn e Edenilson de Oliveira, além do presidente do Sindicato Rural, Roberto Sedrez.

O convênio permitirá atender agricultores familiares que acreditam na técnica de irrigação. No Município são oito projetos de irrigação e microaçudes em que cada agricultor pagará, como contrapartida, 20% do valor investido. Ao total são R$ 135 mil em investimentos.

O sistema fixo de irrigação por asperção atende as atividades principais das propriedades beneficiadas como produção de leite, de hotigranjeiros e lavouras auto sustentáveis.

Depois de firmado o convênio, o escritório da EMATER de Capão do Leão realizou os levantamentos, juntou a documentação e elaborou os projetos para os produtores. Durante a instalação, a Prefeitura realizou a abertura das valas para a colocação dos canos.

O agricultor Jonas Blaz, deu início ao sistema de irrigação comemorando os resultados após três anos de perdas ocasionadas pelas chuvas. A intenção é diminuir a área plantada mas, em compensação, com a produtividade igual ou maior os custos são muito menores. “Estamos muito gratos com esta oportunidade visto que os equipamentos não são baratos e pela primeira vez tivemos acesso a este benefício”.

Para o prefeito Mauro Nolasco “é uma alegria e um compromisso da nossa gestão contribuir com o produtor rural do Município. Sabemos que estes projetos são muito importantes, pois garantem segurança de produção através da irrigação, gerando renda às famílias, facilitando a sua permanência no meio rural e dando continuidade à atividade agropecuária que é sem dúvida uma das principais do Capão do Leão”.

Segundo Fernando, da EMATER, “o programa desenvolvido que demonstra a importância deste sistema na realidade da propriedade. No caso deste produtor a irrigação iniciou desde a semeadura, não ficando refém do clima. Estima-se que nos próximos 15 dias já possa iniciar a colheita com produtos de qualidade que viabilizarão e alavancarão a sua produção de leite”, finalizou.