AZONASUL – PREFEITOS BUSCAM ARTICULAÇÃO EM REDE PARA RESOLVER PROBLEMAS

PREFEITOS BUSCAM ARTIULAÇÃO EM REDE PARA RESOLVER PROBLEMAS
A indagação dos critérios adotados para o estabelecimento de prioridades na destinação de recursos, especialmente após o último anúncio de liberação de recursos para obras em estradas estaduais foi a tônica da reunião promovida ontem (28) pela Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), em Pelotas, com a participação de deputados da região.

Os prefeitos não aceitam e definiram como ‘insignificativo’ o valor de R$ 9,2milhões destinados para atender a região.
“ Vamos ao Piratini novamente. Caso contrário, corremos o risco de sermos engolidos pelo sistema de divisão desiquilibrado em termos de regiões, nas demais áreas também prioritárias, como saúde, segurança, educação”, anunciou o presidente Mauro Nolasco (PT), prefeito de Capão do Leão.

Mesmo confessando estar frustrado com os valores destinados à região, o deputado Luiz Henrique Viana (PSDB) disse acreditar em uma mudança de cenários e que este foi apenas o primeiro anúncio do governo. “No entanto, vamos agendar novo encontro com o governador Eduardo Leite para mostrar a nossa mobilização e clamar pela ampliação dos investimentos públicos que solucionem as demandas da região.

Durante o encontro, os prefeitos discutiram ações para o estabelecimento de trabalho em conjunto, a partir de uma visão regional sistematizada, que possa desencadear políticas de atração de novos investimentos e, desta forma, a consolidação do desenvolvimento regional de forma sustentável.

O prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer (PT) vem liderando o trabalho de formação do colegiado de secretários municipais de Desenvolvimento para o estabelecimento do trabalho, que poderá ser transformado em uma agência de desenvolvimento.

BRASÍLIA – Os chefes do Executivo da zona sul estão mobilizados para uma nova missão regional a Brasília para uma série de audiências visando o encaminhamento de pleitos regionais juntos aos ministérios e órgãos do governo federal. As pautas foram debatidas e os documentos serão produzidos pela equipe técnica da Azonasul. A agenda de trabalho está sob a coordenação do deputado federal Daniel Trzeciak (PSDB).

Fonte: ASCOM AZONASUL
Jorn. Kariza Barros