Turismo de aventura e esportes radicais

O município de Capão do Leão é rico em belezas naturais, principalmente para quem gosta de contato direto com a natureza, matos, campos, ar puro e muita tranquilidade. Assim, podemos dizer que o turismo está alicerçado nos vínculos com a territorialidade e o meio ambiente, destacando-se o bairro Cerro do Estado e a localidade Cerro das Almas que são os pontos mais altos do município, e propiciam muita adrenalina nas subidas e descidas, aos que visitam e vem praticar esportes de aventura ou até mesmo tomar um chimarrão com a família e amigos em meio as sombras das árvores no antigo DEPRC.

Essa integração entre homem e natureza está trazendo para o município uma cultura de pessoas que gostam de esportes de aventura, tais como: caminhadas, Mountain-bike, downhill, trilhas de motos, quadriciclos, jipes, entre outros veículos. Ainda tem o rapel, que é uma atividade com cordas de subidas ou descidas verticais pelas rochas das pedreiras inativas do município, principalmente na pedreira do Cerro do Estado, todas essas práticas estão acompanhadas de paisagens incomuns nas grandes cidades.

Foto do grupo Pedal Dominguera no Cerro do Estado:
pedal-dominguera
Clique aqui para ler a entrevista com Cyro Fagundes do Pedal Dominguera.

Foto a baixo está Fábio Lima, ele venceu o cross na 4ª etapa da Copa União de Mountain Bike dia 13 julho 2014, em Capão do Leão.

crosscapaodoleao

O evento ocorreu na praça do DEPRC, no Cerro do Estado, onde foi cedido além da área de pistas, alojamento nos antigos escritórios e banheiros com chuveiros. Havia categorias para adolescentes e adultos, vieram esportistas de diversos municípios: Rio Grande, Santa Maria, Bagé, Uruguaiana, Pelotas…

trilheiros-quebra-mato

Foto dos Trilheiros Quebra Mato na trilha do dia 14/02/2015. No momento da foto uma parada para o lanche e descanso, Michel Muller, o segundo da esquerda para a direita explicou que os salgados e refrigerantes eles compram nos comércios do bairro, favorecendo assim a economia local.
Suas trilhas são nos matos do Cerro do Estado, incluindo o Horto Florestal, pois no Cerro das Almas foi trancado. Eles vem para o município pela proximidade e facilidade de acesso, pois moram em Pelotas, e pela geografia, que é privilegiada para a prática de esportes radicais e de aventura.

Por: Catia Simone da Silva
Bacharel em Antropologia Social e Cultural / UFPel