Entrevista com Cyro Fagundes do Pedal Dominguera – Cerro do Estado

bikeCyro Fagundes

O grupo Pedal Dominguera estava passeando no bairro Cerro do Estado, quando Cyro Fagundes concedeu-me a entrevista, iniciou informando que o grupo foi fundado por Telmo Coelho, entre outros fundadores em abril de 2013. É um grupo de cicloturismo, que tem entre seus objetivos: passear, confraternizar(pois tem vários eventos de confraternização) e também fazer auxílio à entidades carentes.

pedal-dominguera1
O grupo é composto hoje por 3.700 pessoas, sendo que pedalando ativamente já conseguiram colocar 450 pessoas ao mesmo tempo, entretanto nos eventos geralmente tem aproximadamente 40 a 60 pessoas. Cyro Fagundes comentou: “O nosso grupo vem várias vezes para Capão do Leão, por que aqui tem umas estradas com vistas bonitas, então o pessoal pedala, para nos pontos turísticos: Cerro das Almas, Lagoa Azul, Cerro do Estado, curtem a vista, descansam, batem-papo e seguem a pedalada”.

O grupo sai com hora marcada de Pelotas, onde moram, mas não tem hora para voltar devido a percalços que podem ocorrer no caminho, tais como: furar pneus das bikes, estragar relações e terem que consertar.

Contam com uma equipe de apoio em Pelotas para eventuais socorros e também quando precisam o pessoal de Capão do Leão auxilia, “Paramos em vários pontos para pegar água”.

O grupo Pedal Dominguera é bem eclético, na sua diversidade social incluem-se pessoas de diferentes idades, classes sociais, pois tem desde adolescentes até aposentados, médicos, dentistas, advogados, empresários, garis, entre outros; não havendo preconceito algum.

Apesar da diversidade, certos fatores formam a unidade e constituem a identidade do grupo; onde incluem-se as experiências que partilham, o gosto por andar de bicicleta, curtir a natureza, fazer amizades, busca de uma melhora na qualidade de vida, com saúde e vigor físico, etc.

Cyro explica que “Para participar é necessário se possível usar um capacete, colocar luzinha na bicicleta e fazer uma revisão periódica, lubrificar a bicicleta, não importa a bicicleta, mas fazer uma revisão, porque se o pneu estiver muito seco ele rasga”. No grupo tem bike de R$10.000,00 e tem de R$50,00, quando um para com problema, sempre tem um grupo que volta e auxilia.

Tem eventos segunda, quarta, sexta e sábado, sendo que:
_Na segunda-feira é destinado a iniciantes, com uma pedalada de 15 a 20 km, num ritmo de passeio;
_ Já na quarta-feira, é um ritmo médio, onde o pessoal dá uma tocada;
_Sexta-feira é para confraternizar, então é uma pedalada mais leve e termina com uma comida;
_No sábado é dia de visitas a pontos turísticos da região.

Mais informações acesse Pedal Dominguera no facebook.

Por: Catia Simone da Silva
Bacharel em Antropologia Social e Cultural / UFPel